[ / / / / / / / / / / / / / ] [ dir / 2hu / agatha2 / animu / ck / fascist / gif / tob / vichan ]

/27chan/ - 27chan

A união faz o meu pinto crescer

Catálogo

Winner of the 83rd Attention-Hungry Games
/strek/ - Remove Hasperat

May 2019 - 8chan Transparency Report
Nome
E-mail
Assunto
Comentário *
Arquivo
Senha (Randomized for file and post deletion; you may also set your own.)
* = obrigatório[▶ Opções e restrições de postagem]
Confused? See the FAQ.
Inserir
(substitui os arquivos e pode ser usado no lugar deles)
Opções

Tipos de arquivos permitidos: jpg, jpeg, gif, png, webm, mp4
O tamanho máximo da imagem é de 16 MB.
As dimensões máximas da imagem são de 15000 x 15000.
É possível fazer o upload de 5 arquivos por postagem.


repórtein u cansêr!!!11onzi

File: 62fae0a4d023628⋯.jpg (84,87 KB, 1024x585, 1024:585, miseria-1024x585.jpg)

 No.2317[Responder]

Eles faliram o país: golpistas geram maior inflação dos últimos três anos

Uma das maiores preocupações da burguesia é o aumento da inflação. Como disse Lenin, principal líder da primeira revolução proletária da história, a inflação é o fator mais revolucionário da situação política. Isso porque a inflação é responsável pela diminuição exponencial da qualidade de vida dos trabalhadores.

O problema, para o golpe, sempre foi esse. Entregavam o país, destruíam os direitos, atacavam as organizações populares, mas o problema sempre era de segurar a inflação. Isso porque sabem que com seu aumento, a situação pode desandar. Mas mesmo assim, apesar de todos os artifícios, não conseguiram controlar.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPCA), que é considerado inflação oficial do país ficou em 0,45%, no mês de Outubro, tendo registrado 0,48% no mês de Setembro, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Trata-se do maior índice para o mês desde 2015, quando o governo Dilma por conta da sabotagem política e econômica da burguesia golpista, estava sendo impedida de governar. Com isso, fica claro a idiotice dos setores de classe média que apoiaram o golpe para resolver as contas do país. Os golpistas faliram o país. Não só a inflação está aumentando, como também o desemprego, tudo isso enquanto os trabalhadores empregados têm seus salários estagnados. Ou seja, estão criando uma situação de miséria no país, e não é por nada que o país está voltando para o Mapa da Fome da ONU. Além disso está aumentando os trabalhadores ambulantes, os moradores de rua, os trabalhos informais, os empregos paralelos, e assim por diante.

Foi pra isso que deram o golpe.



YouTube embed. Click thumbnail to play.

 No.2311[Responder]

boceta fede!

1 postagem omitidas. Clique em Responder para visualizar.

 No.2315

File: a04b4ddfddd9378⋯.jpg (70,71 KB, 676x676, 1:1, 1541541689115.jpg)

Eu me pergunto o que esses bolsominions nazistinhas de quarto pensam ao ver essa foto Se é que eles pensam mesmo.




File: 279c96cd4674d12⋯.jpg (59,69 KB, 1024x585, 1024:585, alav-dest-e1510609771252-1….jpg)

 No.2305[Responder]

O que o Tiririca falou não é verdade: a verdade é que pior do que tá pode ficar, sim.

Golpe tirou 327 mil vagas com carteira assinada dos trabalhadores em um ano

Da redação – A economia brasileira perdeu 327 mil vagas com carteira assinada nos últimos doze meses. O total de postos de trabalho formais encolheu 1,0% no trimestre encerrado em setembro em relação ao mesmo trimestre de 2017, segundo dados da pesquisa nacional por amostra de domicílio contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O emprego sem carteira assinada no setor privado teve um aumento de 5,5% em um ano com 601 mil empregados a mais. O total de empregadores cresceu 4,3% ante o trimestre com encerramento em setembro com 184 mil pessoas a mais. O trabalho por conta própria cresceu 2,6% no mesmo período com o aumento de 586 mil pessoas.

Essa é exatamente a política dos golpistas neoliberais que estão no governo. Diminuir os empregos com proteção social e fazer com que a população “se vire”, para salvar e aumentar os lucros dos patrões. Diante da crise capitalista temos de denunciar esse política econômica neoliberal nefasta que tem um verniz de libertação mas que no fundo é a precarização do trabalho e da vida do trabalhador.

Lembramos que o governo bostanazi, eleito pela direita e pelo imperialismo para massacrar o povo, será um aprofundamento dessa política e é preciso combatê-lo desde já, criando comitês de luta contra o golpe nos locais de trabalho, fábricas, sindicatos, etc.

 No.2314

File: 6eed16f78df6997⋯.jpg (66,4 KB, 1024x585, 1024:585, rodrigo-maia-e-michel-teme….jpg)

Golpe faliu o Brasil: 1,5 milhão de servidores públicos podem ficar sem 13° em 2018

Desde antes do Golpe de estado de 2016, que depôs a presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos, a situação dos funcionários públicos dos estados e das prefeituras brasileiras já não era fácil.

Com a derrubada de Dilma, que demonstrou cabalmente que as eleições e o voto popular no Brasil não possuem valor nenhum, a situação tem se agravado e deixado milhões de trabalhadores (pais e mães de família) numa situação de total abandono e desespero.

Em diversos estados do país, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, os governos afirmam estar “no vermelho” e sem capacidade de pagamento de um dos direitos mais fundamentais dos trabalhadores, o décimo terceiro salário.

Apenas nesses estados, o valor das isenções fiscais concedidas a grandes empresas, como H. Stern, Amsterdam Sauer, AMBEV, JBS, Riachuelo, Boticário, Natura, Votorantim, Rede Globo e outras quase 5 mil empresas, apenas de 2016 em diante, ultrapassa a marca dos R$ 100 Bilhões, o que daria para pagar mais de 15 folhas de 13º salários nos estados.

A contrapartida para tantas isenções fiscais, que deveria ser a geração de empregos, claramente não existe, uma vez que o Brasil encontra-se com o maior índice de desemprego da série histórica desde 2002, que estava em 12,6% da população economicamente ativa e encontra-se em 12,8% atualmente, segundo os métodos extremamente contestáveis e manipulados do IBGE.

Se levarmos em conta o número de trabalhadores subutilizados, ou seja, que trabalham menos de 40 horas semanais de maneira informal (famoso “bico”), esse índice sobe para quase 28% e engloba mais de 27 milhões de pessoas.

Eleito por uma fraude eleitoral, que se tornou ainda mais clara após a nomeação do juiz Moro para o ministério da justiça (Moro foi quem tirou do jogo político o ex presidente Lula, que podia vencer as eleições em primeiro turno), o governo bostanazi pretende levar essa agenda neoliberal de eA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.




File: 91f87b358b641cc⋯.jpg (82,45 KB, 1024x585, 1024:585, bolso-2-1024x585.jpg)

 No.2312[Responder]

Toma aí o seu presidente machão...

“Presidente super popular”: bostanazi terá mais de 800 seguranças

A matéria de capa divulgada pelo site “O Tempo” nesta segunda-feira, dia 5 de novembro, aponta que o novo presidente da República, Jair bostanazi, fará uma cerimônia de posse inédita, diferente do procedimento realizado pelos presidentes anteriores. Trata-se da possibilidade de cancelamento do tradicional desfile aberto na cerimônia de posse.

O rumor mencionado acima partiu de Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do recém-instalado Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que encomendou um estudo para reforçar as medidas de segurança para bostanazi e sua família a partir de 1º de janeiro. Segundo Etchegoyen, diversas ameaças têm sido identificadas, inclusive partindo de facções criminosas, como o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV) e, por esse motivo, o esquema de segurança “será muito mais severo do que qualquer outro titular do Planalto já viu ou teve”. Lembrando que bostanazi sofreu um suposto atentado (facada) no dia 6 de de setembro em Juiz de Fora (MG), enquanto realizava sua campanha de rua durante o 1º turno das Eleições.

Ainda de acordo com “O Tempo”, além da possibilidade de se extinguir o desfile de posse em carro aberto, estuda-se também a adoção de medidas utilizadas para protegerem os presidentes norteamericanos, como o fim das entrevistas nas quais o presidente fica rodeado por repórteres (o “quebra-queixo”, no jargão jornalístico), e reformulação e viagens e contatos com o público. A equipe do GSI, formada por soldados do Exército, passarão a tomar conta de bostanazi na virada de ano. Caso seja solicitado, há possibilidade de serem convocados mais de 800 seguranças para fazer o reforço durante o processo de tomada de posse do cargo à presidência.

Só esse fato demonstra o quanto esse governo já é impopular antes mesmo de ele ter se iniciado. Um presidente que foi “eleito” por meio de um processo totalmente fraudado pela burguesia, que retirou o líder em todas as pesquisas, Luís Inácio Lula da Silva, prendendo-o injustamente e retirando-o da corrida eleitoral, fazendoA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: 031a8a82845bee6⋯.jpg (97,01 KB, 1024x585, 1024:585, bolso-1-1024x585.jpg)

 No.2309[Responder]

Fraude: até a imprensa internacional destaca a podridão do governo bostanazi

O político colocado no poder por meio da fraude eleitoral, Jair bostanazi, anunciou Sérgio Moro, como ministro da justiça e futuramente como ministro do Supremo Tribunal Federal.

Sérgio Moro ficou conhecido politicamente por ter sido o juiz que colocou Lula, por meio de um processo totalmente anti-democrático e fraudulento, na prisão, onde ele se encontra até os dias atuais, na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

A prisão de Lula e sua retirada das eleições, através da capitulação absurda de seu partido (PT) diante das ameaças dos generais do exército e das manobras da justiça eleitoral, foi o ponto central da fraude eleitoral, já que a candidatura de Lula, por conta de sua alta popularidade e apoio na população brasileira, dificultaria o jogo dos golpistas de colocarem um candidato impopular do bloco golpista no poder.

Então, fica claro que o juiz Sérgio Moro foi um elemento decisivo do golpe de estado e da fraude eleitoral. Tanto é que a própria burguesia teve de anunciar a podridão de jogada, de forma simulada e confusa como sempre.

O jornal inglês, The Times, anunciou que “Jair bostanazi promete função primordial para juiz que prendeu seu rival”. Isso demonstra que nem mesmo a burguesia está sendo capaz de esconder o absurdo que é a participação de Moro no futuro governo, pois vale lembrar mais uma vez que bostanazi só está no poder porque tiraram Lula das eleições.

O fato é que tudo isso esclarece ainda mais o fato que já era óbvio: tirar Lula das eleições e prendê-lo era um ponto central do golpe. E por isso, a campanha de que as eleições sem o Lula são uma fraude total continua sendo atual.

As eleições foram fraudadas, e colocaram bostanazi em um lugar que pertence, legitimamente, a Lula. E por isso, é preciso fazer uma intensa mobilização contra bostanazi, inclusive contra sua posse no governo, em 2019. E se chegar a governar, a esquerda precisa lutar intensamente contra o govA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: 15221234621e6f4⋯.jpeg (42,23 KB, 1024x585, 1024:585, 11804464-high-e1532948952….jpeg)

 No.2301[Responder]

Vitória da Fraude e do golpe

Não foi bostanazi que venceu esta eleição, e nem foi esta eleição uma eleição normal. Venceu nesta eleições os poderosos interesses imperialistas, os bancos, empresários, a burguesia em geral, venceu a Globo, venceram os golpistas. Mas não venceram pois eram eles a escolha do povo brasileiro, povo este que nunca é perguntado o que quer, eles não foram a escolha.

O que ocorreu nestas eleições foi a vitória da fraude, dos que cancelaram mais de 3 milhões de títulos de eleitores, é a vitória campanha relâmpago, do TSE que acabou com a campanha de rua. Esta eleição mostra que, no Brasil, a urna eletrônica fala mais alto que o eleitor, é preciso denunciar, no Brasil existe voto de cabresto e existe fraude no sentido mais literal da palavra.

A imprensa controlou cada movimento dos candidatos, não fosse pela isenta rede Globo e seus asseclas, como a Folha e o Estado de S. Paulo, nem saberíamos que estava havendo campanha.

O tempo de televisão foi reduzido a meros 12 minutos a meio, a maior parte do povo foi negado mesmo o desprazer de ver os candidatos da direita mentir ao povo.

O PT, erroneamente, está reconhecido derrota onde deveria estar reconhecido jogo sujo e desonestidade e conspiração.

Tudo isso fica cristalino quando a imprensa golpista, mesmo odiando o PT, reconhece que Lula venceria qualquer candidato nesta eleição, sua cassação foi o maior golpe na tal “festa da democracia”, bem pode ter tornado-a seu velório.

É preciso dizer neste momento, e para que todos ouçam, bostanazi é um presidente ilegítimo, surgido de uma eleição fraudulenta, e precisa ser contestando nas ruas pelo povo!

Fora bostanazi e todos os golpistas!

Abaixo a fraude eleitoral!

 No.2307

File: d604477339c29f3⋯.jpg (55,81 KB, 768x439, 768:439, muna_cachorro.jpg)

HUE




File: 8e9470adbaf04cf⋯.jpg (176,27 KB, 1024x585, 1024:585, 30out2018-manifestantes-li….jpg)

 No.2306[Responder]

Fraudaram e não conseguiram a maioria: apenas 39% votaram em bostanazi

Do total do eleitorado, Jair bostanazi conquistou apenas 39% dos votos. Fernando Haddad ganhou 32%. Votos nulos, brancos e abstenções chegaram a 29%. Somando-se os votos do candidato petista com os nulos, brancos e abstenções, resulta que 61% do eleitorado não votou em bostanazi.

E isso, segundo os dados oficiais divulgados pela própria Justiça Eleitoral golpista, controlada totalmente pela direita e pela burguesia, que fraudou as eleições para derrotar o PT e levar bostanazi à presidência da República.

A imprensa burguesa, que apoiou bostanazi, faz a propaganda de que ele foi escolhido pelo povo, tentando, como sempre, esconder a fraude e legitimar as eleições mais fraudulentas da história da República.

No entanto, como demonstram os próprios números da burguesia, bostanazi não foi legitimado em hipótese alguma pelo povo. A maioria da população não votou em bostanazi, mas, pelo contrário, rechaçou, repudiou, condenou o candidato golpista.

O povo não quer bostanazi. Seu apoio vem da burguesia, que, após um período de discordância, finalmente entrou em acordo para elegê-lo, a fim de derrotar o PT. O imperialismo, vendo que seu principal candidato – Geraldo picolé de chuchu – não conseguiria emplacar, apostou em bostanazi para dar continuidade ao golpe e aprofundar os ataques aos trabalhadores e ao saque às riquezas nacionais.

bostanazi é impopular. O povo não se sente representado por ele. Sente, ao contrário, que bostanazi é um perigo às conquistas democráticas mais elementares. Entretanto, esse repúdio à extrema-direita ainda não se transformou em um amplo movimento de massas que busque enfrentá-lo e derrotá-lo.

Para que isso se concretize, a esquerda e os movimentos populares, como a CUT e o MST, devem organizar os trabalhadores para derrubar bostanazi. O PCO, muito antes da oficialização da vitória fraudulenta nas eleições, já vem fazendo uma campanha para enfrentá-lo. “Fora bostanazi e todos os golpistas!” é oA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: 2a25a35f7033169⋯.jpg (58,99 KB, 1024x585, 1024:585, bradesco-eleição-1024x682-….jpg)

 No.2304[Responder]

Bostanazi e Boiolão, nada mais que putinhas dos banqueiros, do grande empresariado e das multinacionais.

Presidente dos bancos, não do povo: Bradesco comemora vitória fraudulenta de bostanazi

Da redação – Nessa segunda-feira (29) um dia após a eleição presidencial mais fraudada da história do Brasil que elegeu o golpista Jair bostanazi, o atual presidente do Bradesco lançou nota em que se diz otimista com a vitória da extrema-direita. Octavio Lazari Junior veio a público através de uma nota que deixa claro que quem agiu para eleger bostanazi não foi o povo brasileiro, mas sim os banqueiros que são os maiores representantes do imperialismo no Brasil.

Octavio Lazari afirma, em nome dos banqueiros, que “a partir deste cenário, nos sentimos revigorados para dar início a um novo ciclo de reformas estruturais no sentido de modernização do Brasil”. A verdade é que os próprios banqueiros financiaram a campanha de bostanazi e a fraude nas eleições para que pudessem levar adiante o programa neoliberal de ataques aos direitos da população brasileira, como é o caso da reforma da previdência que já vem sendo anunciada como a primeira medida do governo de bostanazi.

O pronunciamento deixa muito clara a posição da burguesia e do imperialismo que se sente a vontade com um regime que assume contornos cada vez mais ditatoriais, ou seja, a burguesia fará de tudo para levar seus interesses adiante mesmo que isso exija um fechamento do regime político. Em outro ponto, Lazari afirma que a vitória do candidato de extrema-direita “ampliou bastante a carga de expectativas em relação à ampliação dos investimentos e criação de novos empregos”, ou seja, os banqueiros escolheram bostanazi como seu candidato para poder atacar cada vez mais as condições de vida da população.

Outro representante do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi (presidente do Conselho de Administração do banco), afirmou ainda que a eleição teria sido a mais democrática do Brasil e que o país estaria agora na posição ideal para aprovar as reformas que os banqueiros e a burguesia querem. Na eleição mais fraudada da história do país os banqueiros financiaram a frauA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: eb7ad5454115de5⋯.jpg (77,69 KB, 640x428, 160:107, animal-farm-1.jpg)

 No.2303[Responder]

Excelente boletim do Crítica da Economia pós-eleição.

Os Ratos Que Saem Dos Porões Da Civilização

por José Martins, da redação.

As classes dominantes brasileiras e imperialistas estão em festa. Mandaram muito bem no espetáculo da democracia e da eleição encerrada na data de ontem.

Mais do que eleger o candidato com a sua cara, seu nível mental e cultural, elas conseguiram outras importantes vitórias. Efêmeras, é verdade. Mas pouco importa. Na política, muito mais que na economia, é o imediato que conta.

E exatamente neste imediato do processo que os parasitas conseguiram a grande vitória política de transformar uma eleição totalmente irrelevante para a solução dos problemas nacionais em um alucinante espetáculo de alienação da sociedade civil. Com cenas chocantes para os espíritos menos preparados para a realidade democrática.

A burguesia impôs sua agenda política a todos os partidos democráticos e demais organizações burocráticas da sociedade civil. Inclusive seus notórios colaboracionistas da esquerda, que sempre legitimam bovinamente a agenda burguesa.

Por mais de seis meses, desde a grande greve dos caminhoneiros, em Maio, a luta de classes ficou abafada por imunda e inócua disputa eleitoral.

Mas, no final da trama, que prometia à família burguesa pelo menos a esperança de recuperação de sua dilacerada governabilidade, a montanha pariu um rato.

O espetáculo da eleição do novo presidente da República foi na verdade uma armadilha para controlar os movimentos da classe trabalhadora, mas que ainda dará incontornáveis contrariedades para as próprias classes que a montaram.

O custo será alto para a burguesia. Seus próprios ideólogos melhor preparados confessam que o folclórico candidato vencedor das eleição para presidente da República foi uma surpresa altamente indesejável.

A postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: 23cb41ef63632a7⋯.jpg (67,01 KB, 1024x585, 1024:585, imgpsh_fullsize-2-1024x683….jpg)

 No.2298[Responder]

Livro bastante interessante que ajuda a combater as falácias e argumentos furados de gente como MBL, mamãecaguei, o mágico do ideias abissais, o mimimises.org e toda a escória neoliberaloide.

Livro Chutando a Escada: Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço

Da redação – Chutando a Escada, do escritor Ha-Joon Chang, é um livro bem interessante para rebater a falácia do neoliberalismo, política econômica defendida pelos golpistas que vão de Temer, FHC, MBL até bostanazi.

O livro mostra, ao contrário do que é divulgado, como os países desenvolvidos enriqueceram, através da proteção de seus mercados (protecionismo) até serem poderosos o suficiente para adotarem o liberalismo (laissez-faire).

Esses países imperialistas assim que alcançaram seu amadurecimento industrial, começaram a impedir que países subdesenvolvidos como o Brasil entre outros adotassem as mesmas medidas de proteção estatal de sua indústria, impedindo o desenvolvimento da economia.

“Atualmente, os países em desenvolvimento estão sofrendo uma enorme pressão, por parte das nações desenvolvidas e das políticas internacionais de desenvolvimento controladas pelo establishment, para adotar uma série de “boas políticas” e “boas instituições” destinadas a promover o desenvolvimento econômico. Segundo essa agenda, “boas” são as políticas prescritas pelo chamado Consenso de Washington em geral. Entre elas figuram políticas macroeconômicas restritivas, a liberalização do comércio internacional e dos investimentos, a privatização e a desregulamentação.”

Desta forma esses países simplesmente impedem, através da pressão política ou da força, que haja um desenvolvimento industrial robusto que ameasse os países desenvolvidos. Os países subdesenvolvidos são obrigado a adotarem uma política econômica neoliberal, que acaba por enfraquecer ou mesmo a arruinar a indústria local, como podemos ver hoje em dia com os países da América Latina como exemplo da Argentina e do Brasil.

Chang usa como exemplo a Grã-Bretanha, um dos países centraiA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.

 No.2302

File: b07d3f9b96d31be⋯.jpg (99,09 KB, 845x720, 169:144, kataguri.jpg)

File: 91e90e61997a6d5⋯.png (238,32 KB, 1024x614, 512:307, mamaecaguei.png)

Falando em MBL e MamãeCaguei, olhem essas montagens HUE




File: 21c91b11b08a97b⋯.jpg (57,8 KB, 1024x585, 1024:585, bolsonaro-9-1024x725-1024x….jpg)

 No.2300[Responder]

As pesquisas comprovam: golpistas organizam a fraude eleitoral para colocar bostanazi no poder

As eleições brasileiras de 2018 estão se revelando como uma das mais fraudadas da história. A burguesia utilizou-se da censura, da repressão, da mentira e da alteração das urnas para conseguir os resultados mais desfavoráveis para esquerda, em eleições, desde o fim da ditadura militar.

As pesquisas são uma das principais maneiras de justificar a fraude eleitoral. A burguesia, por meio de seus institutos de pesquisa, comprados pelos capitalistas para favorecer seus interesses, “cria” uma realidade de mentira para não gerar surpresas na hora do resultado final.

Isso ficou revelado nas diversas pesquisas que saíram ontem (27/10), no dia antes das eleições, em que ficou claro a farsa preparada pelos golpistas para colocar o candidato de extrema-direita Jair Messias bostanazi na presidência da república.

O instituto de pesquisa da Folha de São Paulo, um dos principais jornais que defendem o interesse dos golpistas, o DataFolha, revelou uma pesquisa onde bostanazi ganha do candidato do PT, Fernando Haddad, de 55% a 45% – 10% de diferença. Um resultado claramente mentiroso, tendo em vista a grande rejeição que a população tem pelo candidato do golpe; fato que ficou demonstrado pelas declarações das torcidas organizadas, que refletem a opinião de uma grande parte da classe operária e dos setores populares.

Sem falar também nos atos esvaziados a favor de bostanazi e no fato de que ficou comprovado que o “grande apoio” do candidato direitista nas redes sociais (que a burguesia apresenta como sendo definitivo) é, em sua maioria, um apoio artificial, feito por robôs e com uma grande estrutura financiada pelos capitalistas, ao estilo da campanha de Donald Trump nos Estados Unidos.

Já no instituto de pesquisa do 247, da esquerda, aponta um empate de 50% entre os dois candidatos. Mesmo assim, é preciso dizer que a pesquisa do Vox 247 também é distorcida, pois diversos fatores definidos como padrão, pela burguesia, para fazer uma pesquisa distorcem a realidade de faA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.



File: 1ac03c7d7309237⋯.jpg (68,3 KB, 1024x585, 1024:585, tse-contra-lula-2-1024x512….jpg)

 No.2286[Responder]

11 motivos que mostram que essa eleição é uma fraude total

A desconfiança do povo sobre as eleições tem base no real, na experiência. E não é um problema brasileiro apenas, a democracia como ideia não é boa para o capitalismo em decadência, o imperialismo dos tempos modernos, por isso ela é controlada, tutelada, pela burguesia, seja por meio da legislação, do judiciário, da imprensa, por meio da polícia, que adquire uma função política muito clara, inclusive nos momentos de eleição.

Não podia ser diferente com essas eleições no Brasil, aliás muito menos agora, em que vivemos num Estado de Exceção mal disfarçado, resultado do golpe de 2016. Na ânsia por querer vencer o golpe, grande parte da esquerda entrou de cabeça nas eleições, com uma fé sem sentido na sua lisura e na sua capacidade de derrotar o golpe ou de deter a direita.

Não precisamos entrar no mérito dos erros de tal avaliação, coisa que já foi feita de forma incansável pelo Partido da Causa Operária, vamos apenas listar 11 dos motivos pelos quais podemos afirmar categoricamente que essa eleição é uma fraude total:

10 postagens omitidas. Clique em Responder para visualizar.

 No.2297

11 – Essa é a eleição com maior número de arbitrariedades na história do país

Abaixo, alguns exemplos:

O Sistema de Justiça contra Lula:

Prisão de Lula, proibição de ser candidato, de fazer campanha, de votar

https://www.causaoperaria.org.br/raquel-dodge-golpista-lula-nao-pode-ser-candidato-nem-eleitor-e-nem-ter-opiniao/

Censura

Um exemplo de censura

https://www.causaoperaria.org.br/com-pretexto-de-combate-as-fake-news-tse-quer-censurar-ainda-mais-a-populacao/

Outro exemplo de censura

https://www.causaoperaria.org.br/justica-proibe-reuniao-organizada-por-estudantes-da-ufpr-para-debater-violencia-nas-eleicoes/

Mais um exemplo de censura

https://www.causaoperaria.org.br/jornalista-censurado-se-demite-ao-vivo-apos-entrevista-com-bostanazi/

Cassação de eleitores:

TSE exclui quase 6 milhões de eleitores

https://www.causaoperaria.org.br/tse-exclui-quase-6-milhoes-de-eleitores-da-eleicao/

STF proíbe 34 A postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.




File: b97dcef90320df2⋯.jpg (55,96 KB, 1024x585, 1024:585, bolsonaro-eua-1024x576-102….jpg)

 No.2259[Responder]

Só falta o Bostanazi e o Boiolão se fantasiarem de Tio Sam e gritarem em rede nacional: "USA! USA!"

bostanazi é mais entreguista que Temer: vai doar todas as estatais para o imperialismo

Dia após dia a burguesia golpista, vestida de patriota, aprofunda a política de terra arrasada sobre o Brasil. O anseio do grande capital para os próximos meses é dar continuidade ao pacote de maldades iniciados por conde drácula. E os bolsonaristas são os delinquentes que, hoje, se prontificam para este trabalho sujo.

Seu economista, Paulo Guedes, cotado para o Ministério da Fazenda, já anunciou que pretende agudizar as privatizações (https://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7702646/guedes-diz-que-proposta-e-focar-privatizacao-das-distribuidoras-da-eletrobras), a começar pelo sistema Eletrobrás. Os golpistas, que contam com o avanço repressivo policial-militar e a investida imperialista sobre a América Latina, querem um governo ainda menos nacionalista do que Temer tem sido. A imprensa golpista dá o recado, pressionando pela venda das estatais e aplicação de reformas “mais radicais” (https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/02/politica/1538508720_526769.html), tarefa que confia a Guedes.

O economista tem, no currículo, formação pela Universidade de Chicago, berço do neoliberalismo, fundação do Instituto Millenium, do Banco Pactual, entre outros. É um agente do mercado financeiro, sem elos com o setor produtivo nacional. Foi convidado para lecionar na Universidade do Chile em plena ditadura de Pinochet. Que não se espere dele posições minimamente nacionalistas.

2 postagens e 2 respostas com imagem omitidas. Clique em Responder para visualizar.

 No.2285

File: a9a1da1f3413d56⋯.jpg (65,23 KB, 1024x585, 1024:585, deputado-rj-flavio-bolsona….jpg)

Dólares, marqueteiros e muito mais: o que os EUA teriam dado para bostanazi fazer campanha no Brasil?

Um golpe bem dado conta com o apoio e iniciativa, sempre, dos Estados Unidos da América, governo especialista em golpes de estado em todo o mundo e não poderia deixar de ser diferente no caso brasileiro.

Jair bostanazi já esteve nos EUA algumas vezes, tendo se reunido com direitistas norte-americanos. Inclusive, seu filho, Eduardo bostanazi, se reuniu em viagem recente com Steve Bannon, o homem por trás da campanha eleitoral de 2016 vencida por de Donald Trump.

Eduardo bostanazi, esteve, desta vez, com o senador Marco Rubio, que possui as mesmas posições políticas de bostanazi e família, além de possuir um cunhado ligado ao tráfico de drogas.

De acordo com o jornal Los Angeles Press (http://www.losangelespress.org/jair-bostanazi-ultraderechista-apoyado-marco-rubio/), Rubio “financia e apoia as aspirações do político carioca”, e Waldir Ferraz, um homem de confiança de Jair bostanazi, viaja com frequência para Miami, a capital da Florida, para “receber dinheiro e instruções de Rubio”.

São várias as indicações de que os EUA estão interferindo nas eleições brasileiras em favor de bostanazi. Isso porque o programa defendido pelo candidato da extrema direita é um programa entreguista, de venda de todo o patrimônio brasileiro.

Os EUA pretendem intensificar a exploração do país, com ajuda dos golpistas e da direita, que é composta de capachos do imperialismo, como é o caso de bostanazi.

Para impedir a venda do Brasil é preciso mobilizar os trabalhadores contra a direita para derrotar o golpe de Estado, através da criação e ampliação dos comitês de luta contra o golpe de Estado.




File: 5aa55a5e24000cc⋯.png (399,34 KB, 710x473, 710:473, bolsonaro-e-paulo-guedes.png)

File: 80d3961d56daab9⋯.jpeg (94,24 KB, 1024x585, 1024:585, postalis-1024x768-1024x58….jpeg)

 No.2284[Responder]

Economista de bostanazi está envolvido no rombo do Postalis

Com o acirramento ideológico em torno das eleições presidenciais de 2018, o assessor econômico do candidato golpista Jair bostanazi, Paulo Guedes, foi denunciado como um dos responsáveis pelos investimentos “furados” que os fundos de pensão no Brasil fizeram nos últimos anos.

Os rombos dos fundos de pensão, como o da Funcep (Caixa Econômica Federal), Postalis (dos Correios) entre outros têm as digitais de Paulo Guedes.

Segundo denúncia, mais de 50 milhões dos investimentos foram parar nas mãos de Guedes, enquanto que ações compradas pelos fundos deram prejuízos astronômicos.

Nos Correios, o Postalis teve prejuízo de 8 bilhões de reais, e está sob intervenção federal do governo golpista a mais de um ano, e nem cogita em indiciar Paulo Guedes.

Enquanto Lula foi preso injustamente, em um processo farsesco, sem nenhuma prova, impedido de ser candidato, os golpistas que derrubaram o governo do PT estão envolvidos em roubos bilionários do dinheiro dos trabalhadores, e mesmo assim se preparam para assumir o controle geral da economia no país.



File: 69956fe197a4766⋯.jpg (107,46 KB, 1200x672, 25:14, david-duke-ku-klux-klan-bo….jpg)

 No.2266[Responder]

Lixo humano se identifica com lixo humano. É incrível.

Assassinos de negros norte-americanos, Ku Klux Klan apoia bostanazi: “Eles soa como nós”

Como tem se visto na prática o fascismo tem ascendido no cenário político e isso se deve preferencialmente pelo estímulo da candidatura do representante da extrema-direita, Jair bostanazi. Nos últimos dias, isso se demonstrou pelo apoio de setores tão pérfidos quanto o candidato, em defesa de sua campanha.

Por mais que o presidenciável tente amenizar seu discurso e fazer a boa e velha demagogia, o discurso cai por terra quando se aparece desde a assassino de mulheres o apoiando e até mesmo organizações fascistas e racistas como o Ku Klux Klan. Esta é uma das mais recentes declarações a favor de bostanazi. Uma das principais figuras que compôs o grupo racista, David Duke, declarou seu fiel apoio ao candidato da direita fascista.

Em sua fala, o defensor da supremacia branca afirmou “ele soa como nós”, quer dizer, o ex-membro deixa muito claro o que representa o boneco de ventrículo da extrema-direita. É um verdadeiro defensor do massacre da população negra e que não mede esforços para espalhar sua política totalmente antipopular que vai de encontro diretamente com a população mais pobre que é composta majoritariamente por negros.

Portanto, receber este tipo de apoio não seria mera coincidência. A todo momento Duke, afirma que o candidato está aliado àquilo que o mesmo compartilha, que é um nacionalista e se assemelha com o homem branco americano e europeu. Ou seja, o antigo líder do grupo racista derrama elogios a Jair bostanazi.

O ex-membro do Ku Klux Kan, também foi um dos articuladores das manifestações supremacistas e nazingas que aconteceram em Charlottesville, onde houve concentração da extrema-direita fascista que promoveu um cruel massacre na região.

Nesse sentido, é preciso ter uma pronta reação ao candidato da direita fascista, impedir o avanço de setores que vêm sendo estimulados por sua campanha. É com o povo nas ruas que se combateA postagem é longa demais. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.

Última edição em

 No.2283

File: 7dad761131b1ab0⋯.png (266,53 KB, 784x768, 49:48, bolsonaro kkk.png)




Excluir postagem [ ]
[]
[1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13]
| Catálogo | Nerve Center | Cancer
[ / / / / / / / / / / / / / ] [ dir / 2hu / agatha2 / animu / ck / fascist / gif / tob / vichan ]